Ciência / Saúde

Chá quente prejudicial

Chá quente aumenta a probabilidade de câncer no esôfago

O risco é 5 vezes maior – mas só se você for fumante ou consumir álcool regularmente

União Europeia vai avaliar se compra do Shazam pela Apple afeta concorrência
7 de Fevereiro de 2018
Cientistas japoneses anunciam método contra calvície
7 de Fevereiro de 2018

(Butsaya/iStock)

Share on FacebookPin on PinterestShare on Google+Tweet about this on Twitter

Com leite ou sem? Açúcar, adoçante ou puro? Quente ou gelado? Existem diversas variedades na hora de tomar chá, mas essa última é a que mais divide opiniões. Os fãs de chá muito quente, porém, podem ter acabado de ganhar um argumento contra sua preferência.

Um estudo publicado no periódico Annals of Internal Medicine descobriu que tomar chá muito quente pode aumentar as chances de câncer no esôfago – especialmente se a pessoa fumar e beber regularmente.

O estudo analisou mais de 456 mil participantes na China (um país que toma muito chá), entre as idades de 30 e 79 anos. O questionário era online e incluía perguntas para entender os hábitos de consumo da bebida, incluindo a temperatura – ambiente, quente ou extremamente quente.

A pesquisa concluiu que consumir álcool regularmente, fumar tabaco e ingerir chá muito quente quintuplica as chances de alguém desenvolver câncer no esôfago. E os pesquisadores deixaram claro que os culpados não eram apenas o álcool e o tabaco – hábitos que sabidamente causam câncer. O problema era misturar essas duas drogas com o chá quentíssimo.

Provavelmente, você agora está se perguntando quão quente é ‘muito quente’? Segundo os chineses, cerca de 65º C. Haja friozinho para tanto chá pelando.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *